20 Álbuns (e 20 Músicas) de 2020 Para Escutar Na Quarentena



Se tem uma coisa que tem me ajudado dia após dia na sobrevivência a este período de distanciamento social é a música. Cada hora em que eu paro para mergulhar de cabeça em um álbum novo é como se fosse uma hora comigo relaxando em uma piscina (às vezes com uma playlist animada, às vezes com uma um pouco depressiva dependendo do álbum). Já se foi um terço de 2020, e a boa notícia apesar de tudo é que tem muita música boa pra escutar. Separei os 20 álbuns que gostei mais por diferentes motivos, e uma música favorita de cada álbum e montei a primeira lista do ano por aqui (já tava na hora). Espero que ajudem à quarentena de vocês a ser um pouquinho mais leve, assim como ajudaram à minha.


Academia da Berlinda - Descompondo o Silêncio

É difícil definir um estilo específico para o novo álbum da banda pernambucana. Tem um pouco de maracatu, afrobeat, mpb, rock e por aí vai. Mais fácil é falar que o álbum é uma delícia de escutar e que vai levar você pra uma viagem pelo Brasil em alguns minutos. Música favorita: Derrotas e Vitórias.


Beach Bunny - Honeymoon

Pra quem gosta de rock, esse álbum meio indie meio rock alternativo de 25 minutos vai fazer seu tempo passar ainda mais rápido de tão bom que é. Vale ressaltar que é mais um de tantos álbuns incríveis lançados recentemente com protagonismo feminino. Daria pra fazer uma listona muito boa só com eles! Música favorita: Ms. California.


Djonga - Histórias da Minha Área

Precisa falar mais alguma coisa do Djonga? Mais um álbum de rap incrível com aquelas rimas que vão direto ao ponto e te fazem parar pra refletir sobre um monte de coisas. Do jeito que só ele sabe fazer, começando pela própria capa do álbum. Música favorita: O Cara de Óculos.


Dua Lipa - Future Nostalgia

Tem muita publicação por aí colocando esse como um dos 3 melhores álbuns do ano. Vai escutar porque, até agora, ele é mesmo. Também é excelente pra dançar e pra quem quer escutar algo na hora dos exercícios =D Música favorita: Physical.


Empress Of - I'm Your Empress Of

Falando em dançar, esse álbum de electropop também vai ajudar muito a fazer isso durante a quarentena. Escutar ele é como se você estivesse escutando uma versão atual de um daqueles CDs das 7 melhores da JovemPan (quem viveu, viveu). Música favorita: Void.


Georgia - Seeking Thrills

Segue a aula de dança! Esse aqui mistura electropop, synthpop e new wave. Foi o primeiro álbum que escutei em 2020, e amei logo de cara. Pelo menos musicalmente o ano começou com o pé direito dançando. Música favorita: Started Out.


Jay Electronica - A Written Testimony

De volta ao Rap, Jay Electronica produziu um álbum com sonoridade incrível e cheio de críticas sociais contando com Jay-Z para cantar a maioria das músicas. Tem ainda participação do Travis Scott e The-Dream. Não tem erro. Música favorita: Ezekiel's Wheel.


Josyara e Giovani Cidreira - Estreite

Dois novos ótimos nomes baianos da cena musical nacional se reuniram e fizeram esse trabalho lindão de escutar. O álbum é a junção perfeita do violão e voz de Josyara com as batidas pop super atuais de Giovani Cidreira, abordando e transmitindo sentimentos com os quais muitos vão se identificar graças ao que estamos vivendo nestes dias. Música favorita: Palma.


Låpsley - Through Water

Taí uma artista que eu nunca tinha ouvido falar e que conquistou meus ouvidos e meu coração durante a quarentena. Seu álbum de art pop, que trás músicas dançantes alternando-se com canções usando somente voz e piano, foi um dos primeiros que escutei após a oficialização do distanciamento social, e ressoou na hora comigo. Música favorita: Our Love Is A Garden.


Letrux - Letrux Aos Prantos

A Letrux sabe falar sobre sentimentos e situações (algumas muito engraçadas) como poucos, e mais uma vez é isso que ela faz aqui. Menos pop e dançante que Noite de Climão, o Letrux Aos Prantos ainda trás ótimos arranjos e composições musicais em cima de algumas letras que parecem poemas, e de outras que parecem histórias sendo contadas por alguém que você conhece. Música favorita: Salve Poseidon.


Lido Pimienta - Miss Colombia

O mais recente a entrar na lista. Lançado hoje (17/4), o mais ressente trabalho da cantora canadense-colombiana foi amor à primeira escutada. Tem pop minimalista e canções latinas tradicionais de voz e violão num lugar só, todas com mensagens incríveis e poderosas. Música favorita: Eso Que Tu Haces.


Loving - Loving

Sabe quando você só quer passar um cafezinho delícia e ficar sem fazer nada por um tempo, só apreciando o momento e a preguiça? Esse álbum de folk/country é perfeito pra isso! Música favorita: Visions.


Pearl Jam - Gigaton

Pearl Jam é uma de minhas bandas favoritas, então era esperado que um álbum deles aparecesse por aqui. Apesar disso (e ainda bem), eles aparecem também porque conseguem falar sobre o mundo louco em que vivemos e ainda nos mostrar um caminho de esperança por onde seguir de forma única, sem perder a identidade de som da banda, mas incorporando alguns elementos musicais novos muito interessantes. Música favorita: Todas (mas escute Dance of the Clairvoyants).


Soccer Mommy - Color Theory

Taí mais uma prova de que as mulheres estão fazendo rock da melhor qualidade não é de agora. Esse álbum trás alguns elementos que remetem ao grunge e rock alternativo, mas ainda soa mais leve musicalmente enquanto transmite sentimentos de uma forma bem profunda. música favorita: Lucy.


Squirrel Flower - I Was Born Swimming

Já falei de indie rock e mulheres? Taí mais um excelente álbum pra lista. Esse trabalho trás uma mistura de canções mais tranquilas com outras que usam guitarras cheias de distorção e amargura, algumas mais depressivas, outras otimistas, mas todas contendo uma sensibilidade ímpar na hora de transmitir sua mensagem. Bom pra escutar naqueles dias nublados e meio borocoxôs. Música favorita: Red Shoulder.


Tame Impala - The Slow Rush

Aqui temos o Tame Impala falando sobre temas que não eram abordados com tanta frequência pela banda antes, como perdas, depressão e ansiedade, e de uma forma um pouco mais dançante que o usual (After Laughter é você?), abraçando pra valer o eletrônico em várias músicas. Eu gostei bastante. Música favorita: It Might Be Time.


The Strokes - The New Abnormal

Esse álbum pega um pouco daquele Strokes bem bom que a gente conheceu lá no começo dos anos 2000 e mistura com uns sintetizadores pra fazer um rock/pop bem legal. Não é o melhor trabalho deles, mas tá ótimo pra gente relaxar e não pensar nas decisões do presidente. Música favorita: Bad Decisions.


The Weeknd - After Hours

O The Weeknd fez um álbum mais synthpop anos 80 do que R&B. E ficou muito bom! E nem gosto muito de algumas letras, que em alguns parecem ter sido escritas pelo Ross do Friends,(ou o tipo de homem que ele era), mas a sonoridade desse álbum é incrível e dá pra animar bastante! Música favorita: In Your Eyes.


Tycho - Simulcast

Ah, eu amo Tycho, cara! Eles conseguem fazer eletrônico ambiente de uma forma muito original, e escutar essas músicas de madrugada olhando pro céu pensando no que a gente vai fazer de bom quando a quarentena acabar me trás uma paz sem igual. Música favorita: Outer Sunset.


Waxahatchee - Saint Cloud

Indie com protagonismo feminino. Eu vou ter que fazer essa lista (e essa playlist!). Esse trabalho vai ser perfeito pra escutar numa daquelas viagens de carro que você faz com o vidro aberto enquanto curte o visual. Já que não dá pra fazer isso agora, ele também é perfeito pra botar numa tarde de sol enquanto você toma uma cerveja gelada. Música favorita: Fire.


18 visualizações
Arte e Fotografia
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle